Eventos terão o comando do deputado federal Roberto Alves, presidente da Frente Parlamentar de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Roberto Alves fará uma série de audiências públicas sobre o Maio Laranja

O deputado federal Roberto Alves, presidente da Frente Parlamentar de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, comandará na próxima semana uma série de audiências públicas sobre o combate à violência contra os jovens. Os eventos serão realizados entre 17 e 21 de maio e fazem parte da campanha Maio Laranja.

Especificamente no dia 18 de maio, quando é comemorado o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, o evento contará com a parceria da Fundação Republicana Brasileira (FRB), que estará transmitindo tudo.

Todos os temas que serão abordados são de extrema importância para a conscientização e combate a esse tipo de crime. Desde o abuso sexual infantil e a família e o abandono afetivo até a rede de proteção e acolhimento das crianças e adolescentes e os perigos enfrentados hoje com o isolamento social e os jovens cada vez mais reféns da violência dentro da própria casa.

Por causa da pandemia da Covid-19 e dessas crianças ficarem impossibilitadas de sair, tendo aulas em casa e convivendo ainda mais com seus familiares, o número de casos de violência doméstica aumentou muito.

Pesquisas apontam que a grande maioria dos agressores fazem parte do convívio próximo da vítima. Em contrapartida, o número de denúncias caiu, já que muitas vezes professores e educadores conseguiam notar os sinais e entrar em contato com a polícia ou o Conselho Tutelar. Agora, mais do que nunca, é fundamental esse tipo de conscientização para saber identificar e denunciar qualquer situação suspeita.

A semana contará com a participação da ministra do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Gustavo Torres, representantes da Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente e um representante de cada uma dessas instituições: Fundação Abrinq, Conselho Nacional de Psicologia, Comitê Latino-americano e do Caribe para a Defesa dos Direitos da Mulher (CLADEM/Brasil), Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONANDA) e Coletivo Mães na Luta.

Também haverá uma live, transmitida pelo Instagram, com a representante do Instituto RevEllas, Patrícia Bozolan, e outra live, dessa vez no Facebook, com a Secretária Municipal de Assistência Social de Campinas, Vandecléia Moro, o Secretário Nacional dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes do Ministério da Mulher e dos Direitos Humanos, Maurício José da Silva, e a Conselheira Tutelar de Jaboticabal, Marina Dias.

Texto e imagem: Ascom – deputado federal Roberto Alves

Related Posts