PREFEITOS

Embu Das Artes
Ney Santos

Claudinei Alves Dos Santos, o Ney Santos, tem 40 anos começou sua carreira política em 2010, com uma candidatura ao cargo de deputado federal. No pleito seguinte, em 2012, elegeu-se vereador pelo município. Presidiu a Câmara e, em 2016, concorreu pela primeira vez ao cargo de prefeito e foi eleito. Em 2020, foi reeleito com 61.660 votos.

Francisco Morato
Renata Sene

Renata Sene é educadora, assistente social e servidora pública de carreira no município de Francisco Morato. Sua carreira política começou em 2016, quando surpreendeu os políticos tradicionais da cidade ao se eleger prefeita pela primeira. A aprovação de sua primeira gestão ficou evidente na disputa pela reeleição, em 2020. A republicana recebeu 86,9% dos votos válidos.

Mongaguá
Marcio Melo Gomes (Márcio Cabeça)

Graduado em Gestão pública, entrou para a vida pública em 2004, quando elegeu-se vereador, função que exerceu até o final de 2012. Foi eleito vice-prefeito naquele ano e permaneceu neste cargo até 2018, quando assumiu o comando do município. Em 2020, foi eleito com 14.046 votos.

Martinópolis
Marcos Freita

Conhecido no município por trabalhos sociais e políticos em busca de melhorias para a população, Marcos Feita elegeu-se prefeito com 4.085 votos.

Castilho
Paulo Boaventura

Agricultor, geógrafo e economista, entrou para a política como vice-prefeito. Seu trabalho foi reconhecido pela população, que o elegeu com 7.435 votos.

Buritama
Rodrigo do Adalberto

Rodrigo Zacarias Dos Santos foi eleito pela primeira vez em 2016. A boa gestão reconhecida pela ampla maioria da população, que o reelegeu com 6.753 votos, o equivalente a 72,8% dos votos válidos no município.

Pindorama
Junior

O empresário foi eleito prefeito em sua segunda disputa eleitoral. Recebeu 3.962 votos, o que equivale a 48,2% dos votos válidos no município.

Itaporanga
Douglas Roberto Benini

Conquistou em 2020 seu segundo mandato como prefeito de Itaporanga, recebendo 3.826 votos, o equivalente a 47,4% dos votos válidos.

Bananal
William Landim Da Silva

O advogado conquistou 2.848 votos, o equivalente a 50,3% dos votos válidos no município nas eleições de 2020.

Euclides Da Cunha Paulista
Nenê Lopes

Pecuarista e integrante do Movimento Jovens Republicanos, foi eleito com ampla maioria dos votos. Foram 3.530, ou 72,8% dos votos válidos.

Vera Cruz
Rodolfo Silva Davoli

O empresário venceu a disputa eleitoral de 2020 com 3.083 votos, o equivalente a 54,7% dos votos válidos.

Sabino
Dinho Advogado

Eder Ruiz Magalhaes De Andrade, o Dinho, foi eleito prefeito em 2016. Com o trabalho bem avaliado pela população, concorreu à reeleição e recebeu 2.402 votos, o que representa 71% dos votos válidos no município.

Analândia
Paulo Henrique Franceschini

Médico veterinário e professor universitário aposentado, entrou para a vida pública para fazer a diferença em seu município. Foi eleito com 1.400 votos.

Santa Rita D'oeste
Osmarzinho

Osmar Sampaio, o Osmarzinho da Oficina, tem 54 anos e foi eleito com 1.93 votos.

Sud Mennucci
Lió da Camac

José Urbino Dos Santos Neto, o Lió da Camac, é comerciante e foi eleito prefeito em 2020 com 2.348 votos.

Jaci
Valéria da Lukaliam

Valéria Perpétuo Guimarães Henrique é empresária e é a primeira mulher da história a se eleger prefeita em Jaci. Ela recebeu 2.013 votos, o que equivale a 44,3% dos votos válidos do município.

Águas De Santa Bárbara
Aroldo José Caetano

Foi eleito prefeito com 2.096 votos, o que representou 57,6% dos votos válidos.

Iaras
Quinha

Marcos Jose Rocha, o Quinha, foi eleito com 1.170 votos, o que equivale a 38,3% dos votos válidos.

Caiabu
Suelen Mative

Formada em Ciências Contábeis e Assistência Social, foi eleita com 1.194 votos.

João Ramalho
Adelminho

Adelmo Alves, o Adelminho, foi eleito prefeito com 999 votos, o que equivale a 37,1% dos votos válidos do município.

Campinas
Dário Saadi

Dário Jorge Giolo Saadi é médico formado pela PUC-Campinas. Se especializou em urologia e passou a atuar na rede municipal de saúde. Presidiu o Hospital Municipal Doutor Mário Gatti entre 1993 a 1994.
Foi eleito vereador em 1996 e reelegeu-se para o posto em três oportunidades. Em 2015, assumiu a Secretaria municipal de Esportes e Lazer, cargo que ocupou até junho de 2020. Foi eleito com 222 mil votos.

Sorocaba
Rodrigo Manga

Rodrigo Maganhato, mais conhecido como Rodrigo Manga, entrou para a vida pública em 2012, quando se elegeu vereador pela primeira vez. Foi reeleito para o legislativo em 2016. Foi eleito prefeito em 2020 com 158 mil votos.

Coronel Macedo
Betinho

José Roberto Santinoni Veiga é comerciante e foi eleito prefeito em 2020 com 1.696 votos.

Araçariguama
Rodrigo Andrade

O engenheiro Rodrigo Andrade foi eleito prefeito de Araçariguama em 2020 com 5.124 votos.

Casa Branca
Marco César Aga

Eleito com 8.377 votos, o equivalente a 65% dos votos válidos do município.