Projeto de lei complementar do deputado Sebastião Santos visa debater e apresentar o planejamento socioeconômico da região

Deputado destaca o papel de Barretos na economia paulista



O deputado estadual Sebastião Santos (Republicanos) protocolou na Assembleia Legislativa o PLC 16/2021 (Projeto de Lei Complementar) que institui como unidade regional o “Aglomerado Urbano de Barretos”, visando o planejamento regional para o desenvolvimento socioeconômico e a melhoria da qualidade de vida local.  

O objetivo é abrir novas possibilidades no comércio regional, dando viabilidade de investimentos para grandes empresas, permitindo a interligação com polos de trabalho, além da ampla divulgação dos atrativos regionais que cada município poderá apresentar no plano de ação do aglomerado.

“O projeto abre espaço para ampliação de novas áreas comerciais, além da integração do planejamento e da execução das funções públicas de interesse comum e ao poder público atuante na região”, destacou o deputado.

A proposta inclui os municípios de Bebedouro, Cajobi, Colina, Colômbia, Guaraci, Jaborandi, Monte Azul Paulista, Olímpia, Severínia, Guaíra, Taiaçu, Terra Roxa e Taquaral. O texto destaca ainda a implantação do Conselho de Desenvolvimento, com caráter normativo e deliberativo, que deverá ser elo entre A Aglomeração Urbana, Estado e União.

De acordo com o projeto, será necessária a elaboração de estudos de caracterização das áreas sugeridas visando à análise da estrutura urbana e eixo de transporte; aspectos demográficos e fatores de desempenho econômico; recursos hídricos, saneamento e áreas de proteção ambiental, além da análise dos fluxos existentes entre os municípios da região, como transporte coletivo, saúde, educação, carregamento rodoviário e deslocamento pendulares.

Barretos possui forte impacto na economia do Estado de São Paulo, o que deve ser potencializado com a criação da Aglomeração Urbana, uma vez que beneficiará toda a população através de uma nova perspectiva econômica, quanto aos municípios e o próprio Estado, através da cooperação do governo em seus diversos níveis, articulação, descentralização e parceria entre a administração direta e indireta.

“Esses municípios formam um agrupamento territorial contínuo, relações de integração funcional de natureza econômico social e em consequência, necessitam da realização de planejamento integrado e da ação coordenada dos entes públicos atuantes na região, ressaltando o fato de que Barretos é referência no Estado de São Paulo como rota turística, pois é uma das cidades de interesse turístico”, disse o deputado.

 

Texto e imagem: Abrahão Hackme – Ascom – Deputado Estadual Sebastião Santos

Related Posts