Unidade, onde foram atendidas 4,5 mil pessoas, será transformada em um memorial em homenagem às vítimas do coronavírus

 

O republicano Ney Santos, prefeito de Embu das Artes, anunciou esta semana o encerramento das atividades no Centro municipal de Combate ao Coronavírus, primeiro de hospital de campanha montado no Brasil. O espaço será transformado em um memorial em homenagem às vítimas da pandemia.

O atendimento especializado aos pacientes com sintomas do covid-19 passará a ser feito no Hospital do Vazame, que passou por uma reforma, e conta com 60 leitos, sendo cinco de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), cinco de Semi-UTI. O espaço conta ainda com um tomógrafo computadorizado 3D, essencial para o diagnóstico da doença.

No local onde funcionou o hospital de campanha, 4,5 mil pessoas receberam atendimento, sendo que 630 delas precisam de internação. a taxa de cura dos pacientes ao longo de quase quatro meses foi de 76%.

“Foram quase quatro meses de muito trabalho, de muita tristeza, mas também de muita alegria. Não tenho dúvida, de que ainda falta muito a fazer para que a nossa população sobreviva a essa terrível doença. Mas também tenho absoluta certeza de que juntos sairemos mais fortes dessa triste pandemia”, afirmou o prefeito.

Texto: Walter Duarte/Ascom Republicanos SP

Imagem: Divulgação

Related Posts