ba08244c-5fff-435c-8ac1-0c30eab618a5
Proposto pela deputada Edna Macedo, do Republicanos, o evento contou com a presença de diversas autoridades políticas e religiosas

São Paulo (SP) – Cerca de 400 pessoas participaram nesta sexta-feira, 16, da sessão solene em homenagem ao programa social Escola Bíblica Infantil (EBI), da Igreja Universal do Reino de Deus, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp).

O evento, realizado no auditório Juscelino Kubitschek, proposto pela deputada Edna Macedo, do Republicanos, contou com a presença de diversas autoridades. Entre elas, o Bispo Eduardo Bravo, representante da Universal, a ex-deputada Tia Eron, as escritoras Nanda Bezerra e Carlinda Tinoco e Jane Garcia, coordenadora geral da EBI.

Presente em todos os estados brasileiros e em países dos cinco continentes, a EBI foi criada em 1977 com a finalidade de ensinar a palavra de Deus às crianças de 6 meses a 10 anos, enquanto os pais participavam dos cultos. “O Bispo Eduardo Bravo foi uma das crianças educadas pela EBI”, contou a deputada Edna Macedo logo na abertura da cerimônia.

84f5c7ee-e2d2-485a-8cc3-2023f318c58eO trabalho voluntário de educar as crianças nos preceitos do bom caráter, sob a palavra de Deus, conta com o apoio de cerca de 40 mil voluntárias e atende a mais de 1,1 milhão de crianças todos os meses, apenas no Brasil.

“Educamos as crianças seguindo a palavra de Deus em Provérbios 22:6 e o que determina o ECA – Estatuto da Criança do Adolescente”, lembrou a coordenadora, Jane que mencionou a relevância de formar o bom caráter nas crianças, para que posteriormente ela não se desvie do caminho do bem.

O representante da Universal, lembrou que chegou à EBI aos 8 anos de idade, acompanhando sua mãe.  “Vejam a importância do trabalho da EBI. Ela planta a semente da Fé nas crianças”, ressaltou. O Bispo disse que as fotos das histórias bíblicas que aprendia na EBI, veem à sua mente até hoje e ressaltou: “O trabalho da EBI não é apenas tirar a criança para não atrapalhar o culto, mas deixa a herança de fé.” Eduardo Bravo tem mais dois irmãos que também passaram pela EBI e, hoje, são pastores.

Abrilhantando a sessão solene estiveram a cantora deficiente visual Giovana Maira e o coral e piano do Corpo Musical da Polícia Militar, regido pelo sargento Motta, a quem a deputada agradeceu pela primorosa apresentação.

“O programa social EBI, é um dos mais importantes da Igreja. Ele ajuda na construção da personalidade da criança. Tudo o que a criança aprende na EBI, ela leva para casa”, declarou a deputada, encerrando com o versículo bíblico: “Ensina a criança no caminho em que deve andar e ainda que for velho não se desviará dele”.

Fonte: Ascom deputada Edna Macedo

Posts Relacionados