Verba será utilizada para a compra de equipamentos hospitalares para realização de neurocirurgias em pacientes com a Doença de Parkinson
Verba será utilizada para a compra de equipamentos hospitalares para realização de neurocirurgias em pacientes com a Doença de Parkinson

São Paulo (SP) – A deputada estadual Edna Macedo (Republicanos-SP) destinará R$ 450 mil para a Casa de Saúde Santa Marcelina, localizada no bairro de Itaquera, na zona leste da cidade de São Paulo. A verba será utilizada para a compra de equipamentos hospitalares para realização de neurocirurgias.

Segundo a republicana, centenas de pacientes portadores da Doença de Parkinson encontram-se na fila de espera pela cirurgia, devido a indisponibilidade de recursos.

Atualmente, a Casa de Saúde Santa Marcelina é mantenedora do Hospital Santa Marcelina, que reserva 80% do atendimento à pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). A unidade conta com mais de 60 especialidades e realiza cerca de 11 mil procedimentos médicos por dia, sendo referência para mais de três milhões de moradores da região leste da capital paulista. Hoje, há um déficit de cerca deR$ 10 milhões proveniente da defasagem da tabela do SUS.

“Precisamos investir em tratamentos, principalmente pelo SUS, buscando reduzir a progressão, parar ou reverter a morte de neurônios envolvida na doença. E é justamente com o intuito de melhorar o estado físico, mental e social dos portadores de Parkinson que destinarei a verba para o Santa Marcelina”, afirmou Edna Macedo.

Doença

O Parkinson é uma das doenças neurológicas que mais acometem pessoas com idade avançada. A população acima de 50 anos, corresponde a 90% das pessoas que sofrem das limitações dessa patologia degenerativa. Com a previsão de que até 2050, o número de idosos triplique, o número de casos tende crescer proporcionalmente. A prevenção contra a doença, ainda é algo impossível, devido à ausência de marcadores biológicos ou fatores de risco identificáveis e modificáveis.

Texto e foto: Ascom – deputada estadual Edna Macedo