Grupo ‘Parlamentares em Defesa do Orçamento’ fiscaliza e denuncia possíveis irregularidades nos gastos para o combate à Covid-19

Deputada vai fiscalizar os recursos para o combate à pandemia

A deputada estadual Edna Macedo anunciou na última quarta-feira (10) ser a nova integrante do grupo de Parlamentares em Defesa do Orçamento (PDO). O Grupo foi criado com o objetivo de vistoriar hospitais de campanha e demais instalações de Saúde, revisar contratos e denunciar as possíveis irregularidades nos gastos e na aplicação dos recursos para o combate à Covid-19.

Entre as ações de destaque do PDO se encontra a descoberta da suposta irregularidade na compra de R$ 14 milhões em aventais descartáveis. Os Parlamentares, ao buscarem mais informações sobre o contrato milionário, verificaram que o endereço informado no contrato se tratava da residência de um empresário atuante no ramo de edição de livros, com capital social de 20 mil reais, totalmente incompatível com o contrato. Assim que foram divulgadas as suspeitas de irregularidades, o governador João Dória (PSDB) imediatamente cancelou a compra.

“Mesmo fazendo parte do grupo de risco, o que limita minhas ações de vistoriar presencialmente os hospitais, me sinto, mais do que nunca, como parlamentar atuante pela nossa Saúde, na obrigação de fiscalizar os gastos do governo do Estado (SP). Com o estado de calamidade aprovado, o governador pode fechar inúmeros contratos sem licitação e nós precisamos ficar em cima. É o meu, o seu, o nosso dinheiro que está ali. E nós, como parlamentares, temos o dever de fiscalizar e garantir que o nosso dinheiro seja revertido em ações benéficas a todos da população paulistana, e não só para alguns” – esclareceu a deputada Edna Macedo.

Texto: Ascom – deputada Edna Macedo

Imagem: Ascom – deputada Edna Macedo

 

Related Posts