A Frente é composta por 217 parlamentares e tem como objetivo acompanhar, sugerir e analisar propostas e programas para proteção e benefício dos ciclistas
A Frente é composta por 217 parlamentares e tem como objetivo acompanhar, sugerir e analisar propostas e programas para proteção e benefício dos ciclistas

Brasília (DF) – NA terça-feira (17), o deputado federal Celso Russomanno (Republicanos-SP) participou, na Câmara dos Deputados, do lançamento da Frente Parlamentar que se propõe a cuidar dos interesses dos ciclistas. Frente parlamentar é uma associação de deputados de diferentes partidos para debater um assunto especifico e defender determinada classe.

A Frente, da qual Celso Russomanno será membro efetivo, terá como presidente o deputado federal Juninho do Pneu (RJ) e será composta por 217 parlamentares. “Parabenizo o deputado Juninho pela iniciativa da criação desta Frente e tenho certeza que a partir de hoje, o ciclista brasileiro terá mais um meio para garantir que seus direitos sejam respeitados ”, afirmou Russomanno em seu discurso.

A Frente tem como objetivo acompanhar, sugerir e analisar propostas e programas para proteção e benefício dos ciclistas; realizar encontros e seminários com o objetivo de regulamentar o setor; estabelecer um diálogo entre as autoridades legislativas, o governo e as entidades da sociedade civil.

Para Celso, que sempre buscou promover conscientização sobre o uso da bicicleta e já denunciou diversas vezes em suas redes sociais as condições precárias das ciclovias espalhadas em São Paulo, a Frente é de suma importância para garantir que os direitos dos ciclistas sejam respeitados.

“Como vocês acompanham em minhas redes sociais, onde eu estiver, procuro um tempo para pedalar, pode ser logo no início da manhã, à noite ou nos finais de semana. Sou ciclista desde criança e incentivo meus filhos a este hábito esportivo tão importante para nossa saúde física e mental. Por isso precisamos de melhores condições para a prática do ciclismo e este será um dos objetivos principais da Frente, ” disse Celso Russomanno.

Texto: Patricia Pacheco
Foto: Cedida