São Paulo (SP) – Nesta semana, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo retomou os trabalhos legislativos. Na última segunda-feira (03) aconteceu a sessão inaugural de instalação da 2ª Sessão Legislativa da 19ª legislatura. A cerimônia aconteceu no plenário Juscelino Kubitschek e teve a participação de autoridades dos três Poderes.

O governador João Doria (PSDB) apresentou a sua mensagem detalhando a situação do Estado, ato que está previsto na Constituição estadual. Doria parabenizou a atual gestão da Alesp e a devolução de R$ 146 milhões aos cofres públicos do Estado de São Paulo, resultado de uma economia de 11% do orçamento da Alesp em 2019.

Gilmaci Santos, deputado estadual do Republicanos e 1º vice-presidente da Alesp, acredita que este será um ano de discussões e votações significativas para o Estado. “Vamos retomar questões importantes para São Paulo, como a Reforma da Previdência; nós precisamos pensar nas gerações futuras e na economia paulista a longo prazo”, disse.

O deputado Gilmaci Santos foi quem abriu a primeira sessão ordinária de 2020, que aconteceu na terça-feira (04); no mesmo dia, os parlamentares aprovaram a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 17/2019, que possibilita a construção de mais moradias populares. O texto permite que as áreas institucionais tenham a ‘sua destinação, fim e objetivos originais alterados para a implantação de programas habitacionais de interesse social, desenvolvidos por órgãos ou entidades da administração pública’, a proposta é de autoria conjunta e foi assinada também pelo deputado republicano.

Além do deputado Gilmaci, outros deputados do Republicanos também assinaram o PL 17/2019 como autores: Jorge Wilson Xerife do Consumidor, Sebastião Santos e Altair Moraes.

Texto e fotos: ASCOM Deputado Gilmaci Santos

Edição: ASCOM Republicanos São Paulo