São Paulo (SP) – A deputada estadual Edna Macedo (Republicanos-SP) visitou, na quinta-feira (20), o Hospital Central da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, referência de alta complexidade. Recepcionada pela diretora de relações institucionais, Julia Ferreira, e a superintendente, Dra. Maria Dulce Cardenuto, a deputada conheceu as principais demandas e a estrutura da instituição.

A Santa Casa conta hoje com mais de 8.300 funcionários para atenderem a três milhões de pessoas por ano, em 54 especialidades médicas. O hospital filantrópico é considerado o maior da América latina e desde 2014 vem enfrentando uma grave crise financeira. “Precisamos pagar a dívida que temos e ao mesmo tempo precisamos investir em novos equipamentos. O orçamento de prioridades somou 35 milhões”, informou a diretora de relações institucionais. Julia também lamentou o fim da vida útil, previsto para esse ano, da máquina de tomografia, que sozinha contempla 1,5 milhão do orçamento.

Além do atendimento prestado, a Santa Casa também é um importante centro de ensino e pesquisa e conta com um museu (MSC-SP) aberto gratuitamente à visitação, que abriga objetos de diferentes naturezas – cerimoniais, religiosos, documentos textuais, fotográficos e periódicos, indumentárias, pinturas, esculturas, mobiliário, equipamentos médicos, entre outros.

Edna Macedo, que é membro permanente da Comissão de Saúde e atua ativamente na área, lamentou não ter enviado recursos de emendas parlamentares para a instituição no ano passado, e se comprometeu em enviar neste ano. “Se eu pudesse, todas as emendas as quais eu tenho direito de estar indicando, iriam para a saúde. É uma lástima apenas 50% poderem ser destinadas para essa área tão importante. Só no ano passado, recebi pedidos de 250 instituições de saúde. Mas continuarei distribuindo as emendas nessa área e apelando a outros parlamentares para que olhem também para a nossa Saúde”, concluiu a deputada.

 

Texto e foto: ASCOM Edna Macedo

Edição: ASCOM Republicanos SP