De um modo geral, a participação feminina na política já caminha para além do cumprimento da cota obrigatória de 30% reservada pelos partidos

A cada eleição, mais mulheres se candidatam aos cargos públicos, o que é uma condição legítima na busca por igualdade e um instrumento da efetivação da democracia. Em 2021 o Parlamento paulistano já terá a maior bancada feminina de sua história – 13 mulheres eleitas. Só pelo Republicanos, foram 63 o número total de eleitas – 56 vereadoras, três prefeitas e quatro vice-prefeitas. 

A representatividade feminina na Câmara Municipal de São Paulo cresceu 18% no comparativo com 2016, quando 11 candidatas foram eleitas. A composição da Câmara para o próximo ano será de 76% de homens e 24% de mulheres, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O recorde, no entanto, está aquém da meta estipulada pela ONU (Organizações das Nações Unidas), que seria de 50% (27 ou 28 do total das 55 vagas).

De um modo geral, a participação feminina na política já caminha para além do cumprimento da cota obrigatória de 30% reservada pelos partidos. De acordo com a Justiça Eleitoral, no pleito deste ano as mulheres representam 33,6% do total de 557.389 candidaturas, superando o maior índice das três últimas eleições, que não passou de 32%. 

E é esse fortalecimento entre as mulheres a principal forma de se chegar a uma política de qualidade e que engloba todos da sociedade. Quando mulheres participam das tomadas de decisões questões femininas, como violência doméstica, maternidade e trabalho são levados em conta na elaboração das políticas públicas. 

Falar em representatividade feminina é falar na defesa de uma sociedade mais democrática na busca pela garantia de direitos e através dessa participação possam servir de inspiração para outras meninas e mulheres.

Temos incentivado a participação de mulheres na política, pois acreditamos sobretudo, no protagonismo feminino. Parabenizo a todas as candidatas que se elegeram com coragem e vontade para mudar o nosso país e dou boas-vindas às novas Republicanas! Juntas, somos capazes de transformar realidades e trazer mais dignidade ao povo brasileiro.

 

*Maria Rosas é deputada federal pelo Republicanos São Paulo e secretária estadual do Mulheres Republicanas SP

Related Posts