CARLINDA-79A militância é a causa onde se define a maneira de como devemos desenvolver, como base, o que de fato queremos alcançar, para assim idealizar uma ideia de apoio para alcançar o objetivo final.
Existem diversas causas; seja o alvo que mais tenha experiência, pois a militância é para militar e lutar como forma de trazer resultados na política .
Sabe quando você abraça uma causa em busca de ajudar, melhorar, participar, seja ela no social, na política, onde você trabalha, estuda, beneficiando a favor do que de fato acreditamos? Muitas vezes ela até pode incomodar, mas o importante é o resultado favorável no desenvolvimento de uma sociedade.
Para ser um militante é preciso ser ativo, estar antenado nas políticas públicas, conhecer as leis e, o principal, chegar na prática a causa, pois ouvindo o próximo é onde mais aprendemos.
Tive uma experiência grande quando, por 7 anos, estive como coordenadora nacional de um projeto em todo Brasil. Nossa meta era alcançar mulheres que estavam passando ou passaram violência doméstica, familiar e abuso.
Juntamente com um voluntariado, conselheiras e profissionais da área jurídica, assistencial e psicólogas, levamos esperança a muitas mulheres. Ensinamos a saírem do quadro no qual se encontravam, apenas apoiando e mostrando a cada uma delas seu valor.
Emprestávamos nossos ouvidos sem julgamento, e após uma excelente orientação, por decisão própria, elas ganhavam confiança, forças para definir as suas vidas.
É importante denunciar sim, mas tínhamos muito cuidado na hora de fazê-lo; pois quem no momento da raiva não toma decisões erradas e depois se arrepende?
O importante era sair da situação ilesas e alcançar novas metas para assim findar o sofrimento.
Lembro-me de um caso onde anos e anos o medo aprisionou uma mulher com dois filhos. Ameaça em cima de ameaça. Muitos boletins de ocorrências, mas nada resolveu enquanto essa mesma mulher não enxergou nela o quão forte ela era.
E foi através de um curso que se chamava Cura Interior que ela conseguiu se curar, dar um basta e viver uma nova vida .
A militância faz isso, acreditar que o impossível se torne possível.
Observe a importância de uma militância fundamentada.
É muito importante ter visão e mobilização coletivas para mudar a realidade, e unidas transformar para melhor a causa que se identifica.
O que temos hoje são frutos de muitas militantes políticas que se expuseram. Não vamos ficar esperando mulheres que aguardam que outras façam, em seu lugar, o que podem fazer, pois há muita gente descrente que apenas critica, mas não se envolve para buscar soluções.
Vamos unir nossa força, acreditar em nós mesmas, agir com credibilidade para assim grandes transformações sociais acontecerem em benefício da nossa sociedade, pois nós mulheres hoje somos maioria, e no partido Republicanos recebemos essa oportunidade com as mulheres republicanas.
Não se convença de olhar para si quando tudo está errado, em muitas necessidades da nossa sociedade é preciso protestar para se fazer ouvir e vencer!

*Carlinda Tinôco é vice-coordenadora do PRB Mulher em São Paulo;

durante sete anos atuou como coordenadora nacional do RAABE;

projeto criado para valorizar e dar assistência às mulheres vítimas de

violência doméstica e abuso; é escritora com três livros publicados;

esposa, mãe e dedicada às causas sociais

Posts Relacionados